Isolamento social impulsionou grande crescimento da procura por diversos conteúdos no Youtube

A tendência de conteúdo em vídeo já vinha em uma crescente nos últimos anos, mas com o isolamento social causado pela pandemia do COVID-19, o mundo inteiro se voltou para o digital e as plataformas foram requisitadas pelos mais diferentes motivos: informação, educação, entretenimento e bem-estar.


Só no nicho da meditação, o crescimento nas buscas foi de 45%, segundo Samuel Moreschi, Gerente de Pesquisa e Insights do Google. Isso se deve ao fato de o emocional do consumidor estar mais sensível, segundo a WGSN. Dados apresentados durante o Brandcast 2020, em 5 de novembro, apontam que 105 milhões de brasileiros acessam o YouTube mensalmente.

Esse volume de audiência abre uma oportunidade para as marcas trabalharem no streaming. Nos insights do Brandcast 2020, foi apontado que 36% dos usuários buscam reviews de produtos e um terço utiliza a plataforma para saber mais sobre as marcas e o volume dos que fizeram uma compra após assistir um vídeo no Youtube é de 87%.

Já osjovens buscam cada vez mais por marcas que estejam à frente da sociedade, engajadas em causas e ações. Porém as ações devem ser coerentes com o target. Um exemplo são as transmissões ao vivo de shows pelas redes sociais. Os patrocinadores desses eventos souberam criar a oportunidade, porém o formato deverá mudar, já que tende a cair na repetição se não trouxer algo inovador. Para que isso não aconteça, o Youtube já vem trabalhado com criadores pelo Youtube Originals – séries criadas por grandes influenciadores exclusivamente para a plataforma, incluindo músicos. KondZilla, Whinderson Nunes, Porta dos Fundos e Galinha Pintadinha são alguns nomes que terão conteúdo exclusivo em 2021.

Fonte: Mundo do Marketing

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon