Home Office Ganha Preferência Após Pandemia

Home Office

Uma pesquisa realizada pela Runrun.it revela que a grande maioria dos brasileiros optam por esse sistema de trabalho. Segundo o estudo, 80% dos líderes de agências disseram não querer voltar a trabalhar da forma presencial. Na verdade, a pandemia de Covid-19, e o consequente isolamento social, geraram mudanças significativas no modelo de negócio em todos os setores. Para tentar entender como estão se comportando na prática essas equipes que optaram pelo home office, a Runun.it, empresa de software de gestão, pesquisou agências de comunicação e descobriu que apenas 20% dos colaboradores gostaria de voltar a trabalhar de maneira presencial. Uma diferença brutal para os que preferem continuar trabalhando à distância. Além das empresas de marketing e publicidade, a pesquisa abordou CEOs, diretores e gerentes de empresas do setor de consultoria e tecnologia. Considerando somente as agências, 44% dos entrevistados disseram que o trabalho remoto não fazia parte de suas operações. Ainda em relação às agências, 63% disseram que gostariam de trabalhar remotamente alguns dias por semana. Porém, a pesquisa detectou que 73% dos entrevistados sentem falta da interação presencial com os colegas. Mas a maioria entre as agências, empresas de tecnologia e de consultoria que, 86% dos que atuam nesses setores, gostaria de trabalhar remotamente após a pandemia e, desses, 82% disseram preferir a própria casa como escritório. Outra revelação importante é que 80% está experimentando o trabalho remoto pela primeira vez. Fonte: Mundo do Marketing