Melissa interrompe vendas no Dia do Consumo Consciente

October 16, 2019

Nesta terça-feira, 15 de outubro, além do Dia do Professor, foi celebrado o dia do Consumo Consciente. Com o objetivo de conscientizar os consumidores sobre o consumo sustentável, a Melissa, marca do Grupo Grendene que completa 40 anos, decidiu interromper as vendas em todas suas mais de 300 lojas e galerias em São Paulo, Londres e Nova York, nesta terça. “Abraçamos o 15 de outubro, dia em que celebramos o consumo consciente no Brasil, para abrir a construção de diálogo com o nosso consumidor. O dia 15 será o ponto de partida sobre a nossa jornada de sustentabilidade”, comenta Raquel Scherer, gerente da divisão Melissa dentro da Grendene.

 

Além das vitrines vazias, todas as lojas estarão estampadas com a palavra “pause” e terão pontos de coleta nos quais os consumidores poderão deixar sua Melissas antigas que não estão mais em uso. Raquel afirma que os coletores ficarão permanentemente em todos os pontos de venda da marca, sendo que a partir desta quarta-feira, 16, todas os pares recolhidos serão destinados a uma cadeia de recicladores homologados. “As Melissas recolhidas no dia 15 retornarão para a fábrica da Melissa e com elas produziremos a Melissa Flox que lançaremos ano que vem”, reforça a gerente.

 

 

 

A ação, desenvolvida pela agência Soko e com a Transa como responsável pelo digital, faz parte dos três grandes pilares da Melissa para sua jornada sustentável que começou em 2010: recolhimento dos calçados, educação sobre sustentabilidade e diversidade. “Entendemos que a partir do momento que os consumidores têm o entendimento dos processo de produção das empresas no geral, eles fazem escolhas mais conscientes. Para a Melissa, consumir de forma consciente é entender a origem e o destino do que nós consumimos”, completa Raquel.

 

A gerente ainda afirma que o dia 15 é apenas o primeiro de uma série de iniciativas da agenda positiva que a marca tomará a partir de 2019, que contará com parcerias, encontros, ações em pontos de venda e projetos de conscientização do tema. “Acreditamos que as marcas, além de orientar, devem assumir esse compromisso de conectar seus valores com os valores que os consumidores querem hoje. Falamos que queremos ser mais sustentáveis, porque é uma jornada que e não algo que termina aqui”, conclui.

 

Fonte: Meio & Mensagem

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon