Burger King lança primeiro comercial brasileiro com audiodescrição

August 7, 2019

Pela primeira vez no Brasil, o Burger King traz um comercial com audiodescrição na TV aberta. A campanha permite que deficientes visuais ou não possam ser impactados pelo mesmo filme. Normalmente, esse recurso fica disponível acionado pela tecla SAP.

 

O protagonista da campanha é Eduardo, consumidor do BK e deficiente visual, e que no vídeo fala sobre a promoção King em Dobro, que permite combinar dois sanduíches da rede por R$15,00.

 

A escolha do protagonista tem como objetivo conscientizar sobre a importância da representatividade uma vez que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil há 46 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, sendo que a visual é a mais comum delas, somando mais de 6,5 milhões de pessoas, o equivalente a 3,5% da população nacional.

 

 

 

 

Para o Burger King, dar visibilidade e destacar a diversidade do público faz parte do DNA da marca. De acordo com Ariel Grunkraut, diretor de Marketing e Vendas do Burger King Brasil, a marca trabalha “constantemente para que todos se sintam acolhidos e livres para serem quem são, respeitando suas individualidades. Lançar a primeira campanha com audiodescrição em rede aberta é um reflexo do nosso posicionamento. Queremos que todos possam ter o mesmo envolvimento e a mesma absorção com a nossa campanha”, reforça.

 

Em paralelo com o novo comercial, o Burger King também assume o compromisso de continuar promovendo ações dentro e fora da empresa. Além das lojas contarem com cardápios em braile, os novos projetos de restaurantes estão arquitetados para serem 100% acessíveis ao consumidor.

 

A marca também amplia uma iniciativa para ajudar os consumidores com deficiência auditiva no momento do pedido, em parceria com a Signumweb – startup especializada em comunicação inclusiva. Em relação aos canais digitais, o BK terá seu site acessível até o fim deste ano, enquanto o app e o totem até 2020.

 

A empresa mantém parceria com diversas ONGs espalhadas pelo Brasil que têm como objetivo auxiliar na captação de PCDs e acompanhar o desempenho destes colaboradores em suas atividades. No momento, há vagas em aberto e basta se cadastrar aqui para se candidatar.

 

Fonte: B9

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon