O que é e como funciona o Marketing político

April 18, 2018

Foi-se o tempo em que distribuição de santinhos era suficiente para popularizar figuras políticas. Com a evolução da internet, a propaganda política necessita de um formato mais estratégico. Confira nossas dicas.

 

O que é marketing político

 

 

 

Você ainda se lembra de quem votou nas últimas eleições para deputado, governador, vereador ou prefeito? Acompanha diariamente o que seus representantes têm feito em seu nome? Pode ser que você não preste muita atenção ou pode ser também que seus candidatos não saibam se vender.

 

Resumidamente, marketing político é um conjunto de técnicas de publicidade para manter um político ligado ao seu eleitorado. A ideia é permitir, por meio das suas estratégias, que uma figura pública possa se comunicar com o eleitorado que o elegeu e também conquistar mais votantes nas próximas eleições.

 

Sem isso, a população não fica ciente das propostas e intenções dos muitos candidatos e tem dificuldade de verificar o trabalho feito após a eleição.

 

As principais estratégias

 

1. Desenvolver uma marca política

 

Político são marcas e precisam de um bom branding e storytelling. Alguns querem ser reconhecidos como um representante da saúde, outros como promotores da educação e outros ainda como defensores dos animais. Há ainda os que querem ser vistos como entendedores de economia ou representantes de uma parcela minoritária e desfavorecida da população.

 

Seja qual for a marca desejada pelo político, o marketing é fundamental para construir essa imagem na percepção do seu eleitorado.

 

Para fazer isso, os profissionais de marketing político precisam aplicar táticas que se assemelham àquelas utilizadas por grandes marcas e corporações, como a Netflix ou Coca-Cola, por exemplo.

 

2. Construir uma comunidade

 

Um político precisa do eleitorado ao seu lado se pretende ter força política necessária para desenvolver seus projetos, seja como um membro do Legislativo ou do Executivo. Para isso, ele precisa se aproximar das pessoas e criar um sentimento de familiaridade entre elas.

 

Se no passado a única maneira de fazer isso era através do ativismo e da militância política, hoje é possível atingir o mesmo resultado de outras maneiras.

 

Com a popularização das redes sociais, uma das ferramentas mais utilizadas para o marketing político é a criação de grupos. Mídias como o Facebook e o WhatsApp permitem que vários usuários se reúnam para debater e conversar sobre assuntos do seu interessante.

 

3. Investir em conteúdo

 

Utilizando a produção de um material de qualidade, seja por meio de redação de artigos e textos opinativos sobre algum tema ou com vídeos diversos, um político consegue atingir grandes objetivos na sua estratégia.

 

O primeiro é a educação do seu eleitorado. Dessa forma, o político consegue explicar para a sociedade que o elegeu qual a importância de certos projetos ou por que votar contra ou a favor de algo na Câmara.

 

O segundo é a propagação da sua imagem e aumento do seu alcance. Bons conteúdos tendem a ser compartilháveis nas redes sociais, apresentando o político e suas propostas para mais pessoas.

 

E o terceiro objetivo alcançado é a condução de eleitores para a comunidade criada ao redor daquele mandato. Um bom material pode converter as pessoas em leads ao conduzi-la ao grupo no WhatsApp ou Facebook.

 

4. Marcar presença nas redes sociais

 

Um político que não possui presença nas redes sociais não é só negligente com o seu marketing, mas também com a comunicação com a população que o elegeu. No Brasil, praticamente metade da população está conectada na Internet através de uma ou várias redes sociais.

 

Isso significa que, para se comunicar adequadamente com a população, uma figura pública não pode ignorar essas plataformas.

 

Além da publicação de conteúdos diários mostrando o dia-a-dia da campanha, é preciso responder as sugestões, as críticas e os elogios dos seguidores com sabedoria, para mostrar acessibilidade e compromisso.

 

Como já deu pra perceber, as mídias sociais são mais que importantes em qualquer estratégia de marketing político, elas são fundamentais. Caso queira se inspirar, de uma olhada em páginas de cases de sucesso do engajamento como Barack Obama, Bernie Sanders e Justin Trudeau.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon