Aperte o play para começar: saiba o que é gamificação para empresas.

January 25, 2018

 

A gamificação (gamification, em inglês) é o uso de ideias, mecânicas e dinâmicas dos jogos para engajar pessoas, resolver problemas e melhorar o aprendizado, motivando ações e comportamentos em ambientes da “vida real”. O principal objetivo dessa prática é aumentar a participação e despertar a curiosidade do público. Além dos desafios propostos nos jogos, na gamificação as recompensas também são itens cruciais para o sucesso.

Essa prática é comum em instituições de ensino e muitas empresas também já perceberam a necessidade de adequar seus processos incorporando a gamificação como parte indispensável dos seus negócios. Se ações de marketing e publicidade estão por aí para levar o consumidor até a marca, a gamificação surgiu para reter este público e fazer com que ele se identifique e se mantenha entretido por muito tempo.

Para que uma estratégia de gamificação tenha sucesso, é preciso que ela faça sentido para seus participantes, tenha premiações relevantes, traduza o contexto no qual o público-alvo se encontra e possua um propósito claro. Por isso, o ponto inicial do planejamento de uma ação desse tipo é o mapeamento do público e dos objetivos. Para aumentar as vendas, uma ação de gamificação baseada em desafios reais da empresa pode funcionar bem. Estimular a equipe a driblar esses desafios serve como um treinamento para vender mais e melhor.

Por exemplo: Para capacitar seus colaboradores a vender um novo produto em questão, uma loja pode estimular sua equipe de vendas a conferir um material online e depois responder a um quiz sobre os ensinamentos compartilhados. Ou ainda, para coletar informações relevantes dos clientes que vão a determinados pontos de venda, a empresa pode premiar a revenda que mais preencher questões importantes do formulário. Além de promoverem um contato diferenciado com a empresa, as ações de gamificação trazem benefícios para análise de desempenho dos funcionários.

Ao atingir um determinado objetivo, desperta-se um sentimento de conquista, que é importante para estimular ainda mais o membro nas próximas estratégias. A conquista irá agregar valor ao negócio por convergir mais pessoas para uma mesma causa.

Para aplicar a gamificação em um negócio, basta que a empresa tenha como objetivo ter o seu público agindo de determinada forma. Portanto, encontre as mecânicas que levem o público a agir desse jeito e estabeleça as “regras do jogo”. Isso irá contribuir para o estabelecimento de uma conexão emocional com a marca e aumentar a lealdade dos colaboradores em relação à mesma.

Esses são alguns dos benefícios e resultados diretos que a gamificação promove:

Estimula a competição saudável: A competição lida com a natureza humana e motiva as pessoas a partir da vontade de superação (ao próximo ou a si mesmo) em algum aspecto. Pode soar um pouco estranho, mas toda a estratégia da gamificação trabalha com o orgulho do indivíduo em poder afirmar que chegou a determinado patamar.

Gera um sentimento de conquista pessoal: A gamificação ajuda ainda os usuários a ganharem confiança, conforme eles aprendem como ter uma experiência de aprendizagem vencedora. Quando trabalhados prematuramente, bons games também desenvolvem a noção de eficiência.

Possibilita a medição de desempenho: Por meio de níveis, conquistas ou demais estruturas montadas os participantes de um programa de gamificação podem perceber sua evolução em uma demonstração clara de seu progresso. Alguns programas inovadores e adaptativos de aprendizagem baseados em jogos incorporam elementos-chave da avaliação de desempenho, com isso é possível avaliar e mensurar os resultados, antecipando-se às necessidades do jogo e às tendências do mercado.

Garante maior acessibilidade: Em um game adequado todos os jogadores têm o mesmo acesso aos recursos e informações e, embora o progresso possa variar, há uma oportunidade contínua para aprender habilidades para o domínio de todas as fases. Por isso o ambiente e o processo de aprendizagem devem ser estruturados para oferecer igualdade de acesso à informação e aos recursos necessários para que o público tenha sucesso na aprendizagem.

Os conceitos mais simples de gamificação já eram bastante aplicados em times de vendas, mas hoje existem inúmeras possibilidades de criar um ambiente “gamificado” em uma empresa. O principal objetivo de usar conceitos de games para negócios é tranformar processos que já são realizados cotidianamente em algo cativante e a ideia também auxilia na gestão ao facilitar indicadores de esforço e metas alcançadas.

Ao expor os participantes a desafios reais e convidá-los a tomar decisões para resolver esses conflitos, deve haver sempre um aprendizado prático e divertido por trás destes. Treinamentos que utilizam a gamificação podem ser mais eficientes do que manuais e cursos tradicionais, afinal, promovem acesso a informações e testes em um formato lúdico, além da possibilidade de integrar equipes sem precisar reunir as pessoas fisicamente. Esse processo garante um desenvolvimento de ambas as partes, empresa e colaborador, e certamente qualquer corporação só tem a ganhar com isso.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon